Comunicação

Seção dedicada a notícias em vídeo no Facebook

Facebook confirma estar desenvolvendo seção dedicada a notícias em vídeo


Facebook confirma estar desenvolvendo seção dedicada a notícias em vídeo - Tecmundo

Após a confirmação oficial vinda do Facebook sobre o processo de desenvolvimento de uma área dedicada para notícias em vídeo, a tendência é que seja criada uma seção em destaque para os veículos digitais de notícias dentro da plataforma, que até então era uma das maiores inimigas dos jornalistas e editores.

Em comunicado oficial o Facebook afirmou: "Vídeos frequentes de notícias são o próximo passo em nossa estratégia de investimentos focados em novos tipos de programação no Facebook Watch".

A notícia faz parte das ações feitas pela rede social de trazer "notícias de qualidade" e que inclusive vai contar com formações de parcerias junto a veículos de comunicação. Estima-se que já existam cerca de 10 vídeos de conteúdo prontos para os testes do novo formato.

Contudo esse número baixo de vídeos prontos assustou os especialistas. Alguns especularam de que o lançamento estaria limitado para poucos países ou até mesmo que editores e publicadores não estariam de acordo com essa novidade do Facebook.

Recentemente a mudança no algoritmo do Facebook fez com que o feed de notícias dos usuários priorizasse postagens de amigos e familiares, o que fez com que as visualizações de páginas de jornais perdessem alcance. E logo depois foi testado em alguns países um feed dividido, entre um para postagens de amigos e outro para postagens de páginas. O resultado é que isso acentuou ainda mais a queda nas visualizações de páginas de notícias.

Ainda não é possível afirmar se essa novidade de seção dedicada a notícias em vídeo irá ter algum tipo de impacto. E nem se este será positivo ou negativo para os editores. Mas o fato é que os veículos de notícias ao redor do mundo já buscam diminuir sua dependência da rede social para tráfego. Tanto que o Google voltou ao primeiro lugar dos fornecedores mais importantes de notícias, desbancando o Facebook.

Comentários

VEJA TAMBÉM...