Mídia

Jornais do nordeste do país seguem tendência e oferecem novos formatos de leitura

Acompanhando a evolução dos números relacionados aos leitores digitais, jornais do nordeste do país seguiram a tendência e passaram a oferecer novos formatos de leitura, com edições on-line e mobile.


Novos formatos de leitura - digital e impresso

A quarta edição da pesquisa Retratos da Leitura, divulgada em 2016, revelou que 127 milhões de brasileiros tem acesso à internet - em 2011 eram 81 milhões, segundo a mesma pesquisa. Quando questionados sobre seus hábitos de leitura na internet, a maioria dos entrevistados afirmou ler sobre notícias e informações em geral, com 52% das respostas.

48% destes leitores digitais estão no sudeste do país, 23% no Nordeste, 12% no Sul, 10% no Centro-Oeste e 7% no Norte.

Dados como esses podem auxiliar grupos de mídia que ainda estão em dúvida em investir ou não na criação de jornais on-line. Acompanhando a evolução dos números relacionados aos leitores digitais, jornais do nordeste do país seguiram a tendência e passaram a oferecer novos formatos de leitura, com edições on-line.

No estado da Bahia, por exemplo, podemos acompanhar edições digitais de grandes jornais, como o A TARDE, desde 2013.

O acesso digital ao jornal A Tarde contribui para que todos os leitores se mantenham atualizados com notícias da Bahia, do Brasil e do Mundo de maneira rápida, quando e onde quiserem.

E para estimular o acesso à informação, o Grupo A TARDE disponibiliza acesso gratuito de todo o conteúdo impresso do jornal A TARDE no formato digital, durante 30 dias. O acesso está disponível no link http://edicaodigital.atarde.uol.com.br/

Versão on-line do jornal A Tarde.

O investimento no jornal on-line surgiu, segundo Ritson Matos, Gerente de TI do A Tarde, com o objetivo de seguir a tendência de consumo de conteúdo digital. "Decidimos sair na frente acompanhando a tendência do hábito de leitura do baiano. Buscamos incentivar o costume do digital, que, aliado à mídia impressa, vem crescendo a cada ano entre os nossos leitores", afirma Matos.

O aplicativo do jornal digital A Tarde está disponível para os sistemas operacionais Android e iOS.

Etiane Schill Mello é gerente da conta A TARDE na Maven Inventing Solutions, empresa fornecedora da plataforma digital do jornal, e comenta que é bastante comum ouvir esse argumento dos clientes. "Muitos trouxeram que na região nordeste do país muitos leitores já têm uma preferência pela leitura digital, e que por esse motivo investem mais neste segmento. É possível notar que em alguns destes estados temos mais de um veículo de comunicação de destaque, disseminando informação e conhecimento também no meio digital", afirma.

O aplicativo do jornal digital está disponível para dispositivos iOS e Android.

 

A Maven também atende outros 176 jornais no Brasil, com publicações digitais na internet e em aplicativos. Nestes links você pode conferir os vídeos explicativos sobre os produtos utilizados pelo Grupo A Tarde para publicação digital.

MavenApp: https://www.youtube.com/watch?v=iYgD0ABMHl0

MavenFlip: https://www.youtube.com/watch?v=X9nJtDnt9Dc

 

 

 

Comentários

VEJA TAMBÉM...