Comunicação

Rede 4G via 700MHz já está disponível em todas as capitais brasileiras

Com antecipação de 1 ano, Anatel apresenta cronograma de implantação


Com o término dos aparelhos de televisão analógicos, a navegação mobile 4G via 700MHz está liberada em todas as capitais do país. E por conta disso, a Anatel veio a público informar que o seu cronograma de implantação será antecipado em 1 ano.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, que cuida de toda Lei de telecomunicação brasileira, as operadoras já estão autorizadas a trabalhar e oferecer essa faixa de frequência, que chega a funcionar 3 vezes mais rápido que a anterior.

Mesmo que a liberação oficial tenha sido feita só agora, já havia ao menos uma das grandes operadoras utilizando 4G via 700MHz. A grande maioria das conexões 4G do Brasil funcionam via 1.800 ou 2.500MHz. A nova faixa de 700MHz é mais rápida, o que permite maior fluxo de tráfego de dados e alcance.

O uso das redes móveis de quarta geração (4G) no Brasil se encontra em um ponto de estagnação. Enquanto quase todo o país (94,2%) já possui cobertura 4G, a maioria ainda trabalha com poucas torres, as quais operam nas frequências menos potentes (1.800 e 2.500 MHz). Isso causa pouca cobertura e baixa velocidade para uma quantidade sempre crescente de usuários.

Segundo dados da Teleco, a média de velocidade do 4G no Brasil está perto dos 12 Mbps. Mas existe um grande contraste de medições pontuais: em grandes centros urbanos, o 4G comercial pode alcançar incríveis velocidades de forma consistente, beirando a casa dos 90 Mbps. Já nas cidades do interior dos estados, a conexão sofre para alcançar os 5Mbps.

Com a abertura da frequência 700MHz, teremos a oportunidade de melhorarmos um serviço que hoje, tem um número muito maior de usuários do que de potência.

Comentários