Tecnologia

Unicef financia startups de blockchain focadas em resolver desafios globais

Órgão injetará cerca de US$ 100.000,00 em seis startups de blockchain


O braço de caridade da Organização das Nações Unidas está financiando pesquisas baseadas em blockchain focadas em resolver os desafios globais definidos pela agenda 2030 da ONU segundo a Coindesk.

Ao todo são 6 startups que passam a ser beneficiadas com incentivo da Unicef, são elas: a Atix Labs e a Onesmart, que estão desenvolvendo plataformas para acompanhar as finanças, a Prescrypt, que está construindo uma plataforma para rastrear históricos de pacientes, a Statwig, que está trabalhando para garantir a entrega de vacinas com uma plataforma de cadeia de suprimentos, a Utopixar, que está trabalhando em uma ferramenta de colaboração social e a W3 Engineers, que está procurando desenvolver um sistema de rede offline que não requer acesso à Internet.

Segundo o conselheiro-chefe de inovação da Unicef, Chris Fabian, "a tecnologia blockchain ainda está em um estágio inicial - e há muita experimentação, falha e aprendizado à nossa frente, quando vemos como e onde podemos usar essa tecnologia para criar um mundo melhor."

Além do apoio financeiro, a Unicef fornecerá assistência para os produtos e tecnologia, além de permitir o acesso à sua rede de parceiros e especialistas. Espera-se que as empresas disponibilizem um protótipo com código aberto nos próximos 12 meses.

 

Comments

SEE ALSO ...